Especialista dá dicas para quem quer pagar menos IR em 2013

Adiantar consultas médicas e odontológicas pode ajudar a diminuir a mordida do Leão em 2013. A dica é da diretora de conteúdo da Thomson Reuters FiscoSoft, Juliana Ono.
“Aquele tratamento dentário que está agendado para janeiro de 2013, se puder ser feito e pago até 31 de dezembro de 2012, reduzirá o IR a pagar já na declaração de abril do ano que vem, enquanto que se o tratamento e o pagamento forem realizados em 2013, somente na declaração de 2014 veremos os benefícios fiscais. O mesmo vale para despesas médicas, com fisioterapia, psicólogos, dentre outros, em conformidade com a legislação”, diz.
Outras providências
Outras atitudes que devem ser tomadas até o último dia de 2012, por quem quer obter algum abatimento no Imposto de Renda no ano que vem, são as doações para fins de incentivos fiscais, como as que se referem aos Fundos da Criança e do Adolescente, bem como para a atividade audiovisual, cultural e desportiva. Contribuições para planos de previdência privada (PGBL) também podem diminuir a “mordida do Leão”.
Sobre as deduções, vale lembrar que o contribuinte pode abater o valor total gasto com despesas médicas, como consultas, cirurgias, psicólogos, fisioterapeutas, entre outros. Por outro lado, é preciso deixar claro que eventuais despesas com remédios, ou mesmo com enfermeiros, não são válidas para o imposto de renda.
No que diz respeito aos gastos relacionados à previdência privada, o PGBL permite a dedução de até 12% dos rendimentos tributáveis no ano na hora de declarar o IR.
Fonte: Infomoney



Comentários